loja-e-commerce

Antes de iniciar uma empresa, especialistas indicam que é preciso saber exatamente qual caminho seguir, identificando oportunidades e as principais necessidades do consumidor.

Grandes negócios deram certo exatamente por terem tido esse cuidado. No mercado online, não é diferente.

Para ter sucesso no e-commerce, é preciso ter algumas respostas na ponta da língua, como:

  • Quem é seu público alvo?
  • Qual seu gasto médio?
  • Qual a renda e capacidade de pagamento (do público alvo)?
  • O que leva o consumidor a comprar?
  • O que o cliente necessita e o que ele espera de sua loja virtual?
  • O que outras lojas já têm feito?
  • Como tem funcionado o mercado?
  • O mercado tem altos e baixos baseados em datas sazonais?
  • Há algum risco em médio ou longo prazo?
  • Há oportunidades de explorar as vulnerabilidades da concorrência?

Hoje, nem todas as lojas virtuais realizam essa análise de mercado no início do projeto, muito menos uma análise constante para aprimoramento contínuo das estratégias adotadas na gestão do negócio. Mas, além do e-commerce, uma outra frente da economia precisa estar atenta a essa análise: os fornecedores para lojas virtuais, e esse artigo é focado nesse público.

Qual a importância da análise constante para os fornecedores?

Furo de preço, ruptura, estratégia da concorrência e outras informações serão essenciais para que os fabricantes consigam identificar o comportamento de seus produtos em diferentes lojas virtuais.

Ruptura

Um estudo conduzido pela Sieve, no primeiro semestre de 2015, identificou que a ruptura chega a 44% no e-commerce nacional. Para a indústria, é essencial saber quais lojas possuem seus produtos e se eles estão disponíveis em estoque. Ter acesso a esses pedidos permite corrigir falhas de distribuição e auxiliar na venda dos itens.

Preço – limite da indústria

Outro ponto importante que a análise de mercado permite é o monitoramento do preço praticado pelos seus produtos em diferentes lojas virtuais. Existem casos em que a loja pode vender acima ou abaixo do preço sugerido, o chamado limite da indústria e, independentemente do motivo que levou o lojista a esse estágio, é importante saber quais sites estão furando o preço do fabricante. Com esses dados em mãos, é possível identificar o motivo dessas aplicações de preços “alternativas” e, com isso, desenvolver ações específicas.

Se o e-commerce vende com um preço muito alto, pode ser que ele venda menos, e você forneça menos, mas, se ele vender com valor muito abaixo do ideal, pode existir uma desvalorização de sua marca. Ao analisar o mercado, é possível inclusive identificar as lojas que só vendem um dos seus itens e conseguir traçar planos comerciais junto a esses e-commerces.

Análise de concorrentes e produtos similares

Alguns lojistas – principalmente aqueles com atuação em mercados mais específicos ou de nicho – ainda têm dúvidas sobre como monitorar os concorrentes, já que trabalham com produtos que competem entre si, mas com características diferentes.  Você pode definir quais produtos são similares ao seus e quais deles precisam ser monitorados. Assim, é possível trabalhar outras margens ou estratégias.

Lembre-se que o consumidor faz essa comparação de produtos equivalentes. Por isso, é importante saber se sua geladeira, por exemplo, está com preço competitivo quando comparada com outras marcas.

Além disso, outro ponto vital é o controle de disponibilidade dos seus itens em lojas virtuais. Acompanhando esse processo, as chances de perder vendas serão menores.

A análise de mercado feita de forma constante, é algo que garante um controle maior de suas ações – e o bom é que já é possível otimizar esse processo com o uso de algumas ferramentas.

Hoje, com a Sieve, é possível identificar todo o comportamento de seus produtos em diferentes varejistas, além de monitorar produtos de outros fornecedores. O mercado online é ágil e dinâmico – não fique para trás!


Compartilhe essa postagem

Análise de mercado no e-commerce – Importância para a indústria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *