precificação dinâmica para marketplaces

Estar em um marketplace é uma excelente oportunidade de negócio e muita gente sabe disso, tanto é que a quantidade de lojistas que querem expor seus itens nos principais e-commerces do setor só aumenta. Nesse mesmo ritmo, o mercado foi se adaptando e as formas de integração foram simplificadas e hoje, com a contratação de plataformas especializadas em integrar seller a marketplaces, fazer parte desse negócio ficou ainda mais fácil.

Mas um ponto que ainda merece atenção é justamente a questão da precificação.

 

Como funciona a precificação dinâmica no e-commerce?

Em operações tradicionais de e-commerce, algumas empresas oferecem uma série de funcionalidades relacionadas ao preço, como o monitoramento da concorrência e principalmente a automação de preço baseada em parâmetros pré-definidos, que levam em conta o comportamento da concorrência.

Vamos mostrar um exemplo claro: o lojista A deseja que determinado item seja sempre 5% mais barato que a loja B, nesse momento também são definidos os valores máximo e mínimo que o preço pode chegar. Vamos supor que a loja A definiu que o produto não pode ser vendido por menos de R$ 90,00, nesse caso se a loja B cobrar R$ 100,00 a loja A vai comercializar o item por R$95,00 (se aplicada a regra de 5%). Mas, se o valor – já com a regra –  ficar abaixo de R$90,00, a loja A não cobre a oferta e fica estabilizada nesse valor.

 

Mas, e no marketplace? Como funcionam os sistemas de precificação?

Até o momento, só é possível fazer o monitoramento do comportamento do seller dentro de cada marketplace através de um módulo oferecido pela Sieve. Entre algumas aplicações, o lojista pode identificar os concorrentes que têm o melhor preço e os que estão no buy box – a oferta recomendada (ver imagem abaixo).

monitoramento de marketplace

É importante frisar que ser o seller do buy box não significa que o lojista apresenta, necessariamente, o melhor preço, já que cada marketplace vai ter suas próprias regras, mas preço ainda é um dos principais fatores para se destacar nesse espaço. O que talvez você não saiba é que já é possível tornar o processo de precificação no marketplace automatizado.

 

Precificação dinâmica no marketplace

A Skyhub, principal integradora de marketplace do país, desenvolveu um módulo que permite trabalhar a precificação dinâmica junto com a Sieve. Com isso, os lojistas agora podem basear suas estratégias de preço de acordo com o comportamento de sellers concorrentes, que também vendem nos mesmos marketplaces. As regras seguem os mesmos moldes das que são atualmente programáveis na SkyHub, ou seja, é possível criar parâmetros específicos para cada canal.

Por exemplo, o preço do produto X deve ser 6% mais barato que o menor preço praticado por outros sellers na Americanas.com e, ao mesmo tempo, ser 2% mais barato no Ponto Frio. Também é permitido criar regras de preço pré-agendadas, que, de acordo com a estratégia do lojista, podem ser aplicadas para datas sazonais importantes, como Dia dos Namorados, dos Pais ou Black Friday. Com isso, não será preciso alterar cada um dos preços depois das ações, pois os preços especiais terão data de validade.

 

Isso garante que sua loja vai estar no buy box?

Não. Como já dissemos, o preço do produto não é o único critério para se destacar. São levadas em consideração, além do valor cobrado pelo produto, as avaliações dos clientes, o tempo que o seller faz parte do marketplace e outras regras definidas em cada um dos canais de vendas. Mas, sem dúvida, as chances de venda com a adoção de preços estratégicos baseados no comportamento de outros lojistas serão ainda maiores, além, claro, disso aumentar a probabilidade dele ser o buy box.

O marketplace é um dos canais mais promissores do comércio eletrônico, mas é preciso buscar forma de se diferenciar da concorrência e a precificação para essa plataforma é uma das mais inteligentes estratégias que um seller pode adotar.


Compartilhe essa postagem

Precificação dinâmica para marketplaces: sim, já é possível
Classificado como:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *