post_blog_sieve_novembro_preco_baixo_nao_sou_buybox

Ao identificar no relatório de Monitoramento de Marketplaces que seu preço é o mais barato, mas mesmo assim a oferta não está na buy box, o seller pode ficar em dúvida sobre quais ações deverá tomar. Se sempre é dito que o preço exerce uma forte influência para que uma oferta seja eleita a principal, é preciso lembrar que os critérios analisados não se reduzem a ele, pois além do preço o seller precisa analisar outros fatores ficar em 1º lugar:

  • Valor do frete
  • Prazo de entrega
  • Reputação do lojista – com base em avaliações do cliente

Se o seu preço já é o mais baixo para o produto e sua oferta não está na buy box, considere analisar os seguintes pontos de melhoria:

Seu frete é o mais barato?

Faça uma análise do valor do seu frete vs a oferta principal considerando os produtos e CEPs com mais visitas nos últimos 30 dias. Dessa forma você vai identificar oportunidades de reajustar os valores negociados com as transportadoras apenas nos produtos e regiões mais relevantes.

Seu prazo de entrega é o mais rápido?

Se não for, cabe entender se é possível acelerar a entrega. A análise dos CEPs que tiveram mais consultas pelos clientes ou que receberam mais pedidos de sua loja é um caminho para que você negocie entregas mais rápidas para as principais regiões de maior saída para seu produto. Caso não seja possível competir com sellers de regiões mais centrais, você poderá ao menos tentar negociações que te deixem mais competitivo em sua própria região de atuação.

Seus clientes estão satisfeitos com seus serviços?

Como tem sido o processo pós-venda com os clientes? É importante, além de analisar a demanda de produto e região, avaliar nos sistemas que os marketplaces disponibilizam quais são os indicadores relacionados à satisfação dos seus clientes. Essa avaliação precisa ser acompanhada, pois é algo que também pode pesar no seu posicionamento na buy box. A melhor forma de ser bem avaliado é, obviamente, ser um seller zeloso com a entrega para seus clientes.

Estes são alguns pontos que você poderá olhar caso tenha um preço muito competitivo, o mais baixo para seu produto dentro de um canal de marketplace, mas mesmo assim não esteja na buy box! O mais importante é entender que o preço é muito importante na avaliação de quem ficará melhor posicionado na buy box, mas que há estes outros fatores que também devem ser observados por você.

Quero o monitoramento para minhas ofertas


Compartilhe essa postagem

Meu preço é baixo e não sou buy box: o que fazer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *