aplicar descontos

Nem sempre é simples aplicar descontos nas ofertas de um e-commerce, já que estas ações exigem uma atenção grande para que as margens de lucro na venda do produto sejam preservadas. O cliente pode buscar preços baixos, mas o negócio também precisa sobreviver, e essa relação tem que ser negociada na hora de se promover promoções.

É importante entender a relevância do desconto para aquele momento: se é realmente uma necessidade do consumidor ou gerada pelo mercado/concorrentes. Caso não seja, estude bem se realmente é o melhor momento de fazer isso ou não cabe aproveitar a margem de lucro que a venda do produto já está gerando.

Agora, caso a promoção seja realmente o melhor negócio, para não atropelar suas margens cabe ficar atento a estes itens ao aplicar descontos:

 

1 – Promoção para compra imediata

Aplicar uma promoção para que os clientes realizarem compras imediatas no seu e-commerce pode ser uma forma de preservar suas margens e ganhar pelo alto volume de pedidos. Uma boa promoção tende a atrair novos clientes para a compra em seu site. Com isso, é possível aplicar descontos atraentes para o consumidor, mas garantir um retorno positivo em vendas e receita.

 

2 – Desconto de acordo com volume gasto

Se um cliente gastar mais de “R$ X” em seu site, sua loja pode ter ganhos consideráveis. Por isso, aplicar descontos que incentivem compras de ticket de maior valor é uma forma de atrair clientes com alta contribuição para sua receita e bonificá-los pela compra. O incentivo pode ser o que eles precisam para comprar mais itens ou produtos de maior valor no site, garantindo benefícios a eles e para sua loja.

 

3 – Incentivo para compra à vista de itens de ticket médio elevado

Produtos de ticket médio mais elevado (e com boas margens) geralmente são a “menina dos olhos” dos gestores de e-commerce, por isso, ao aplicar descontos cabe planejar uma estratégia em cima destes itens. Além de ser um bom negócio para sua loja, estes itens, como smartphones, notebooks e eletrodomésticos, geralmente são mais pesquisados pelo consumidor.

 

4 – Ter o melhor preço para itens onde você é competitivo

Primeiro cabe esclarecer que “melhor preço” não é o mesmo que “menor preço”. Enquanto o primeiro termo considera a sustentabilidade do negócio, o segundo pode simplesmente competir por preço sem se ocupar do fato de que as contas precisam fechar no final do mês. Em todo o caso, se você sabe que é competitivo para a venda de um produto, cabe analisar seus concorrentes e adotar uma forma automatizada de aplicar descontos melhores que os dos demais lojistas. O volume de clientes que a oferta irá atrair pode valer muito a pena!

 

Dicas ao aplicar descontos:

  • Analise se realmente você precisa de estratégias que te tornem mais competitivo e se seus clientes estão buscando um desconto;
  • Entenda se ter um preço mais alto pelo produto é realmente o que está prejudicando seu negócio ou se o cliente busca fretes mais baixos ou outros tipos de experiência com sua loja;
  • Monitore quem são seus concorrentes e saiba a hora em que estas lojas alteram os preços dos produtos que você também vende para cima ou para baixo;
  • Automatize seu preço para que ele aumente ou seja reduzido em alguns porcentuais ou centavos/reais conforme os ajustes de preço aplicados por seus concorrentes;
  • Ofereça descontos na compra de itens de ticket médio mais alto – já itens de menor valor devem ter seus promoções mais “ajustadas” para não afetar suas margens;
  • Agradecer o cliente com descontos pode ou não ser um bom negócio, por isso, tenha a certeza de que essa é mesmo a melhor forma de expressar sua gratidão pela compra e se o envio de um cartão escrito à mão, ou um brinde simbólico não são mais eficientes e baratos;
  • Há casos em que algumas marcas ou lojas preferem aplicar descontos maiores nas unidades de menor volume, como a de um produto premium, por exemplo. Um exemplo seria um frasco de perfume de 100ml que custasse um pouco mais que a compra de duas unidades de 50ml do mesmo perfume. Nesses casos, o que ocorre é que o cliente pode ter a impressão de que está recebendo mais por algo muito bom e, por isso, a compra mais cara se justifica. Essa percepção também deve ser estudada na hora de aplicar descontos para entender se a maior embalagem maior confere status de ser “econômica” ou “premium”;
  • Divulgue: toda promoção precisa ser conhecida pelo público. Portanto, não meça esforços para criar e-mails marketing, campanhas em comparadores de preço, retargeting, links patrocinados e ads em redes sociais que deem visibilidade para sua oferta;
  • Acompanhe os preços atentamente: o mercado pode ser muito dinâmico e se alguns de seus concorrentes baixarem o preço deles mais que os seus, sua oferta pode deixar de ser interessante. Saber isso, pode fazer você pausar rapidamente suas campanhas em comparadores de preço, por exemplo, até que sua estratégia seja reajustada;

Seguindo estas dicas, fica fácil aplicar descontos sustentáveis e que respeitam suas margens. Para mais informações sobre como precificar seus produtos no e-commerce de maneira inteligente, entre em contato com a Sieve pelo formulário abaixo ou deixe seu comentário que nossos especialistas irão respondê-lo!


Compartilhe essa postagem

4 formas de aplicar descontos preservando margens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *