transformar preço em lucro

O preço de seus produtos é uma das partes mais importantes para a manutenção do relacionamento com o cliente e também para a conquista de novos compradores. No entanto, para criar ofertas sedutoras, muitas vezes o varejista pode atropelar algumas etapas de gestão e perder margens acima do necessário para gerar atração. Ele deixa de transformar preço em lucro, podendo até comprometer a sustentabilidade do negócio a longo prazo.

Um bom preço, claro, é capaz de atrair pessoas com demanda por aquele produto. Mas é igualmente importante que ele esteja sintonizado com as necessidades da empresa de equilibrar as despesas do dia a dia e a necessidade de gerar crescimento.

Abaixo estão alguns passos que você deve considerar se deseja transformar seu preço em lucro:

 

Tenha visibilidade de seus dados de preço

Informações desordenadas sobre seus preços frequentemente geram um cenário onde suas ofertas estão muito caras, a ponto de não atrair clientes, ou muito baratas, a ponto de se perder dinheiro. Quando você começa a organizar seus dados, centralizando sua gestão de forma organizada e confiável, isso pode abrir oportunidades de melhorar seu preço em inúmeros sentidos.

Ferramentas destinadas a pricing podem combinar seus dados internos com comparativos de ofertas de concorrentes e apresentar insights de quanto aumentar ou baixar suas ofertas. Certamente é a melhor forma de começar a transformar seu preço em lucro, já que os dados mostram análises relevantes do mercado e de seu posicionamento dentro dele, ajudando a calibrar seu preço de forma embasada para te ajudar a melhorar a lucratividade em poucos meses.

 

Entenda o que realmente gera valor para o cliente

Nem sempre o fator decisivo para todos os clientes será o preço mais baixo. Algumas vezes pode ser até mesmo o contrário disso, com consumidores dispostos a pagar mais alto pelo produto, mas com a certeza de que o e-commerce os entregará uma experiência única de atendimento e entrega. Por isso, é sempre relevante pesquisar quem é seu público e quais são as expectativas dele ao comprar com você.

Lembre-se que o preço de um produto está sempre associado a quanto o cliente acha que ele vale e muitos fatores podem estar em jogo. Se o atendimento e embalagem, por exemplo, se mostrarem muito importantes para seu target, que tal investir mais nestes aspectos e manter um preço intermediário ou mais alto que os concorrentes. Caso essa seja uma boa estratégia para você, cabe monitorar ativamente os preços de seus concorrentes para manter suas ofertas sempre um pouco mais altas que as deles.

 

Exclusividade na venda de algum produto

Há algum item que só você venda? Já parou para analisar isso? A exclusividade na venda de determinado item, especialmente os que possuem alta demanda, é uma forma de entender melhor o mercado e ampliar seu lucro. Com o auxílio de ferramentas de inteligência de preço pode ser bem fácil fazer esse tipo de análise mercadológica para entender cenários em que só você possui um produto ou quando há concorrentes, mas todos eles estão sem estoque no momento.

Esse tipo de visão sobre seu negócio pode abrir portas para que você trabalhe melhor seu preço, aumentando sua margem de lucro durante a venda. É a aplicação mais básica da lei de oferta e demanda, mas que, muitas vezes, por falta de uma visibilidade do mercado, os gestores podem acabar deixando de aproveitar, mantendo os preços muito competitivos sendo que sequer há competidores.

Descontos que geram volume de vendas

Alguns descontos são até relevantes para o cliente, mas pouco terão a acrescentar em seu negócio. É o caso de produtos onde você acaba vendendo um número inexpressivo de unidades de forma que a margem perdida só resulta em prejuízo para o negócio. Por outro lado, há alguns itens cujo desconto é realmente estratégico e que, com pouca redução de margem, você consegue atrair muitos clientes, a baixo custo de aquisição do cliente e entrega do produto, e assim gera ótimos resultados em receita. Procure identificar estes itens estratégicos e com alta demanda e oferecer promoções apenas para eles.

Outra opção e que pode ser realmente lucrativa é associar o desconto à compra em grandes volumes. Com isso, você oferece x% de desconto apenas para quem adquirir um volume y de unidades ou comprar kits de produtos. É uma forma de centralizar suas despesas de entrega, reduzindo custos, além de gerar receita – em alta proporção – de uma só vez.

 

Uma boa mudança na forma de gerenciar seus preços pode ajudar muito a melhorar sua performance de vendas e a lucratividade com seus produtos. Aposte na combinação entre análises efetivas e estratégias de gestão, pois certamente isso fará com que seu preço se transforme, como esperado, em uma máquina de crescimento.


Compartilhe essa postagem

Como transformar preço em lucro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *